• Carrinho

  • 2008 – 1ª Fase – Prova Escrita de Biologia e Geologia

    • Prova Escrita de Biologia e Geologia – versão 1
    • Prova 715: 1.ª Fase – 2008

    GRUPO I


    O ouro é um metal precioso que, em estado nativo, ocorre em pequenas concentrações, na crosta terrestre. Reage com fluidos circulantes e pode aparecer em filões associado a diferentes rochas como, por exemplo, gnaisse ou granito. A alteração das rochas onde estes depósitos de ouro se encontram pode permitir o seu transporte por diferentes agentes.

    Em meados do século XIX, os exploradores deste minério acorriam com frequência a zonas onde a sua deposição é maior. Utilizavam bateias (bacia em forma de calote esférica), que permitiam a separação, por gravidade, das preciosas pepitas que se depositavam no fundo. Quando o ouro era recuperado do fundo dos rios, vinha acompanhado de areias, siltes e argilas. Por vezes, as pepitas de ouro encontravam-se agregadas a fragmentos rochosos, utilizando-se mercúrio para a sua extracção.


    1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, referentes à exploração de ouro em ambiente fluvial.

    (A) As partículas de ouro de dimensões muito reduzidas (coloidais) são transportadas em suspensão, mesma velocidade da água.

    (B) Nas bateias, a reduzida densidade do ouro facilita a sua separação dos restantes detritos.

    (C) As pepitas de ouro, transportadas ao longo de um rio, depositam-se quando a corrente perde energia.

    (D) Os depósitos fluviais de onde se extrai o ouro são constituídos por rochas sedimentares quimiogénicas.

    (E) Na alteração das rochas que contém ouro ocorrem processos de meteorização física.

    (F) A distância percorrida pelas pepitas de ouro depende da sua dimensão e da energia da corrente.

    (G) As amostras de pepitas são tanto melhor calibradas quanto mais a jusante forem recolhidas.

    (H) As pepitas de ouro de maiores dimensões são as que mais se afastam da jazida original.

    Critérios


    ⇒ Verdadeiras: A, C, EF, G;
    ⇒ Falsas: B, D, H
    • A classificação deste item é feita de acordo com a tabela seguinte.


    2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    A extracão de ouro realizada pelos exploradores do século XIX provocou…

    (A) … impactes ambientais positivos, que ainda hoje se fazem sentir.

    (B) … a corrida a este recurso, com o seu esgotamento no planeta.

    (C) … alterações na granulometria dos detritos, a montante do rio.

    (D) … a contaminação daquela região pelo mercúrio utilizado.

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Uma jazida constitui uma reserva se o minério…

    (A) … existir em baixa concentração.

    (B) … apresentar viabilidade económica.

    (C) … ocupar uma vasta área.

    (D) … se encontrar a pequena profundidade.

    Critérios

    • Opção (B) ——— 5 pontos 


    4. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Uma intrusão magmática provoca metamorfismo ______, originando ______, a partir de argilito pré-existente.

    (A) de contacto (…) corneana

    (B) de contacto (…) quartzito

    (C) regional (…) corneana

    (D) regional (…) quartzito

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    5. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    A formação de gnaisse ocorre em ambientes onde o principal factor de metamorfismo é a…

    (A) … temperatura elevada.

    (B) … circulação de fluidos.

    (C) … pressão não litostática.

    (D) … pressão litostática.

    Critérios

    • Opção (C) ——— 5 pontos 


    6. As reservas subterrâneas de água formam-se, na crosta terrestre, em contextos geológicos de características bem definidas.

    O diagrama da Figura 1 representa um possível enquadramento geológico dessas reservas, numa região árida.



    6.1. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Os aquíferos 1 e 2, esquematizados na Figura 1, são…

    (A) … livre e confinado, respectivamente.

    (B) … confinado e livre, respectivamente.

    (C) … ambos livres.

    (D) … ambos confinados.

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    6.2. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    A rocha-armazém do aquífero 1 encontra-se deformada em ______, uma vez que a camada mais ______ ocupa o núcleo da dobra.

    (A) sinclinal (…) velha

    (B) sinclinal (…) nova

    (C) anticlinal (…) velha

    (D) anticlinal (…) nova

    Critérios

    • Opção (B) ——— 5 pontos 


    6.3. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    A falha esquematizada   ______, originando a ______ do tecto, em relação ao muro.

    (A) normal (…) descida

    (B) normal (…) subida

    (C) inversa (…) subida

    (D) inversa (…) descida

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    6.4. As afirmações seguintes dizem respeito à formação e à evolução dos oásis representados no diagrama da Figura 1.

    Seleccione a alternativa que as avalia correctamente.

    1. A existência de uma falha impediu o aparecimento de água à superfície.

    2. Rochas quimiogénicas surgem, nos oásis, por evaporação excessiva de água.

    3. A ascensão de água à superfície nos oásis resulta da elevada pressão hidrostática nos aquíferos.

    (A) 2 e 3 são verdadeiras; 1 é falsa.

    (B) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.

    (C) 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas.

    (D) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    6.5. Relacione as características geológicas da região com a formação e a manutenção dos aquíferos representados no diagrama da Figura 1.


    Critérios

    A resposta contempla os seguintes tópicos:

    ⇒ Na região, a rocha-armazém corresponde a um arenito, enquanto as rochas impermeáveis são argilitos.

    A formação de um aquífero cativo/confinado, implica a existência de uma rocha permeável entre duas impermeáveis.

    Tratando-se de um aquífero cativo/confinado, a sua manutenção depende de uma zona de recarga.

    Ou, em alternativa,

    Na região, os aquíferos formam-se porque existe uma rocha-armazém permeável, o arenito.

    Os aquíferos são cativos/confinados, porque estão delimitados por duas camadas de rocha impermeável, o argilito.

    Tratando-se de um aquífero cativo/confinado, a sua manutenção depende de uma zona de recarga.

    A classificação da resposta a este item é feita em função do enquadramento da mesma num dos níveis de desempenho, de acordo com a tabela seguinte.

    Nota – No caso em que a resposta não atinja o nível 1 de desempenho, a classificação a atribuir é de zero pontos.


    GRUPO II


    A Figura 2 representa, esquematicamente, um conjunto de relações alimentares que se estabelecem entre seres vivos de um ecossistema.



    1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, relativas à obtenção de matéria pelos seres vivos indicados no esquema da Figura 2.

    (A) A matéria ingerida pela raposa sofre digestão extracelular e intracorporal.

    (B) A digestão de alimentos pelo gafanhoto é realizada após ingestão e absorção dos nutrientes.

    (C) A minhoca ingere cogumelos, que digere num tubo digestivo incompleto.

    (D) A aranha serve de alimento à rã, que a digere num tubo digestivo com duas aberturas.

    (E) As plantas fixam o dióxido de carbono para a produção de compostos orgânicos.

    (F) Os cogumelos absorvem os restos de outros seres, após digestão extracorporal.

    (G) No gafanhoto, ocorre digestão extracelular seguida de digestão intracelular.

    (H) A cobra apresenta uma cavidade gastrovascular que se prolonga por todo o seu corpo.

    Critérios


    ⇒ Verdadeiras: A, D, E, F;
    ⇒ Falsas: B, C, G, H
    • A classificação deste item é feita de acordo com a tabela seguinte.


    2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Se a população de cobras sofresse uma diminuição brusca no número de indivíduos, numa primeira fase, aumentaria a população de…

    (A) … estorninhos.

    (B) … gafanhotos.

    (C) … rãs.

    (D) … aranhas.

    Critérios

    • Opção (C) ——— 5 pontos 


    3. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Da matéria ______ que circula numa teia alimentar fazem parte ______, compostos ricos em azoto.

    (A) orgânica (…) os glícidos

    (B) inorgânica (…) os glícidos

    (C) inorgânica (…) as proteínas

    (D) orgânica (…) as proteínas

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    4. As afirmações seguintes dizem respeito às características das superfícies respiratórias de alguns animais indicados na Figura 2.

    Seleccione a alternativa que as avalia correctamente.

    1. Na rã, a troca de gases com o ambiente realiza-se por difusão directa.

    2. Na raposa, as superfícies respiratórias são húmidas e bem vascularizadas.

    3. Na minhoca, o sistema circulatório intervém na troca de gases com o ambiente.

    (A) 2 e 3 são verdadeiras; 1 é falsa.

    (B) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.

    (C) 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas.

    (D) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    5. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirma  o correcta.

    Sturnus vulgaris e Sturnus unicolor são nomes científicos de estorninhos, existentes em Portugal, que pertencem  …

    (A) … mesma espécie e ao mesmo género.

    (B) … mesma família, mas não à mesma ordem.

    (C) … mesma espécie, mas não à mesma classe.

    (D) … mesma família e à mesma ordem.

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    6. O diagrama da Figura 3 representa, de forma esquemática, estruturas e processos que caracterizam diferentes tipos de ciclos de vida.



    6.1. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    O ciclo C representa um ciclo de vida ______, porque a meiose é ______.

    (A) diplonte (…) pós-zigótica.

    (B) diplonte (…) pré-gamética.

    (C) haplonte (…) pós-zigótica.

    (D) haplonte (…) pré-gamética.

    Critérios

    • Opção (B) ——— 5 pontos 


    6.2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    No ciclo de vida B, a entidade multicelular adulta desenvolve-se a partir de…

    (A) … uma célula haplóide.

    (B) … uma célula diplóide.

    (C) … um zigoto.

    (D) … um gâmeta.

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    7. A reprodução sexuada caracteriza-se pela ocorrência de fecundação e meiose.

    Relacione a ocorrência desses dois processos no ciclo reprodutivo de qualquer espécie com a manutenção do número de cromossomas que caracteriza essa espécie.


    Critérios

    A resposta contempla os seguintes tópicos:

    ⇒ Na fecundação ocorre a união de duas células com duplicação do número de cromossomas.

    ⇒ Na meiose, a redução a metade do número de cromossomas compensa a duplicação ocorrida na fecundação, mantendo-se, em cada geração, o número de cromossomas que caracteriza a espécie.

    A classificação da resposta a este item é feita em função do enquadramento da mesma num dos níveis de desempenho, de acordo com a tabela seguinte.

    Nota – No caso em que a resposta não atinja o nível 1 de desempenho, a classificação a atribuir é de zero pontos.


    GRUPO III


    As regiões calcárias possuem uma geomorfologia característica – modelado cársico – onde ocorrem com frequência fenómenos de dissolução, evidenciados nas redes de diaclases, mais ou menos profundas e extensas. Junto a estes sulcos, encontram-se, em geral, depósitos argilosos. Pelas diaclases, infiltram-se facilmente águas de escorrência que, se forem ácidas, vão alargando o tamanho dessas fendas. Em consequência deste processo, podem formar-se no maciço calcário, em profundidade, túneis e cavernas de grandes dimensões, vulgarmente designadas por grutas. Devido à infiltração, é comum encontrarem-se águas subterrâneas que podem constituir rios ou lagos.

    A natureza calcária do solo, associada ao clima temperado, permite a instalação de uma cobertura vegetal bem adaptada à baixa disponibilidade de água e às altas temperaturas de Verão. Muitas plantas apresentam folhas de reduzidas dimensões, com cobertura de pêlos, outras são espinhosas ou escamiformes (como o tojo) e outras produzem óleos essenciais (como o alecrim).


    1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, relativas geomorfologia do maciço calcário.

    (A) As diaclases correspondem a um plano de fractura das rochas em que há movimento relativo dos blocos.

    (B) A água de escorrência é tanto mais salobra quanto maior for a espessura da camada rochosa que atravessa.

    (C) As águas naturais são mais duras nas regiões graníticas do que nas regiões de maciços calcários.

    (D) A existência de uma rede de fracturas nos calcários é o factor que lhes confere permeabilidade.

    (E) O modelado cársico varia em função do tempo de exposição aos agentes de meteorização.

    (F) Nos maciços calcários, a meteorização química é caracterizada por fenómenos de dissolução.

    (G) Os travertinos são rochas calcárias associadas a grutas que se formam por reacções de precipitação.

    (H) As águas que circulam no maciço calcário provocam a formação de estalagmites no tecto da gruta.

    Critérios


    ⇒ Verdadeiras: B, D, E, F, G;
    ⇒ Falsas: A, C, H;
    • A classificação deste item é feita de acordo com a tabela seguinte.


    2. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Terra rossa é a designação atribuída aos depósitos ______ de cor vermelha, resultantes da acumulação de resíduos ______ presentes nas rochas carbonatadas.

    (A) argilosos (…) solúveis

    (B) argilosos (…) insolúveis

    (C) calcários (…) solúveis

    (D) calcários (…) insolúveis

    Critérios

    • Opção (B) ——— 5 pontos 


    3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta.

    O calcário de origem quimiogénica é uma rocha que resulta directamente da…

    (A) … sedimentação de areias quartzíticas.

    (B) … evaporação de água rica em sulfatos.

    (C) … deposição de carbonato de cálcio.

    (D) … dissolução de carbonato de cálcio.

    Critérios

    • Opção (C) ——— 5 pontos 


    4. O Mosteiro da Batalha é um monumento calcário que tem sofrido uma deterioração acelerada, sobretudo após a construção do troço da estrada IC2, que liga Lisboa ao Porto e que passa perto dele.

    Relacione a deterioração acelerada que o Mosteiro da Batalha tem sofrido com a sua localização.


    Critérios

    A resposta contempla os seguintes tópicos:

    ⇒ O dióxido de carbono e o monóxido de carbono libertados pelo tráfego automóvel reagem com a gua da chuva, provocando a diminuição do pH.

    Ou, em alternativa,

    ⇒  O dióxido de carbono e o monóxido de carbono libertados pelo tráfego automóvel reagem com a água da chuva, provocando a formação de um ácido.

    ⇒  O ácido carbónico reage com o calcário (utilizado na construção do Mosteiro da Batalha), provocando a sua dissolução e acelerando a destruição do monumento.

    Ou, em alternativa,

    ⇒  A água ácida reage com o calcário (utilizado na construção do Mosteiro da Batalha), transformando-o em hidrogenocarbonato, solúvel em água, e acelerando a destruição do monumento.

    A classificação da resposta a este item é feita em função do enquadramento da mesma num dos níveis de desempenho, de acordo com a tabela seguinte.

    Nota – No caso em que a resposta não atinja o nível 1 de desempenho, a classificação a atribuir é de zero pontos.


    5. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    A cobertura pilosa de algumas folhas permite aumentar a ______ junto à epiderme da folha, ______ a difusão de vapor de água para o ambiente.

    (A) humidade (…) aumentando

    (B) temperatura (…) aumentando

    (C) temperatura (…) diminuindo

    (D) humidade (…) diminuindo

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    6. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta.

    Mesmo em condições de stresse hídrico, as plantas mantém, da raiz até às folhas, um fluxo contínuo de água, porque…

    (A) … ocorre a difusão de vapor de água através dos ostíolos.

    (B) … diminui a pressão osmótica no córtex da raiz.

    (C) … aumenta a coesão entre as moléculas de água.

    (D) … fecham os estomas da epiderme das folhas.

    Critérios

    • Opção (A) ——— 5 pontos 


    7. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta.

    Nos ecossistemas cársicos, a comunidade vegetal apresenta baixa capacidade de biossíntese, porque…

    (A) … a intensidade luminosa é reduzida.

    (B) … a água disponível para as plantas é reduzida.

    (C) … a disponibilidade de nutrientes inorgânicos é elevada.

    (D) … a concentração atmosférica de CO2 é elevada.

    Critérios

    • Opção (B) ——— 5 pontos 


    8. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Em ambientes cársicos, as plantas sujeitas a idênticas pressões selectivas apresentam ______ estruturais que fundamentam a existência de processos de evolução _______.

    (A) analogias (…) divergente.

    (B) homologias (…) convergente.

    (C) analogias (…) convergente.

    (D) homologias (…) divergente.

    Critérios

    • Opção (C) ——— 5 pontos 


    GRUPO IV


    Crepis sancta é uma planta herbácea espontânea que cresce frequentemente nos canteiros dos passeios, ambiente urbano com populações fragmentadas, muito distinto do ambiente campestre com populações não fragmentadas, de onde esta espécie é originária.

    Foi observado que, uma vez instaladas, as populações urbanas de Crepis sancta passam a reproduzir-se essencialmente por autofecundação, dado que existem poucos insectos no ambiente urbano.

    Esta espécie produz dois tipos de sementes: umas pequenas e plumosas, que se disseminam pelo vento, e outras maiores e pesadas, que caem junto da planta-mãe.

    Durante o processo de dispersão, todas as plantas perdem estruturas de propagação, que se disseminam para locais onde não originam descendentes (custo de dispersão).

    No sentido de compreender melhor o modo como as populações de Crepis sancta se adaptam aos ambientes alterados pela urbanização crescente, foram efectuados estudos sobre os seus processos de reprodução (Estudo I) e de dispersão (Estudo II).

    ESTUDO I

    Foram cultivados em estufa, separadamente e em condições semelhantes, grupos de plantas urbanas e de plantas campestres.

    Verificou-se que, nestas condições, nenhum dos grupos recorreu à autofecundação.

    Concluiu-se, assim, não ter havido uma evolução do processo reprodutivo ao nível da fecundação porque a predominância de autofecundação não foi conservada de uma geração para outra.

    ESTUDO II

    Foi demonstrado que, nos canteiros urbanos, as sementes leves têm menos 55% de possibilidades de germinarem, uma vez que caem sobre um substrato (alcatrão, cimento) que não lhes permite a germinação.

    Foram cultivados em estufa, separadamente e em condições semelhantes, grupos de plantas com origem nos dois tipos de populações (urbanas e campestres) que, no período de floração, foram polinizadas por um insecto, Bombus terrestris.

    Verificou-se que as plantas dos canteiros urbanos produziram um número de sementes pesadas significativamente maior.

    Estimou-se, usando um m todo adequado, que as alterações verificadas nas populações urbanas se instalaram num prazo curto, de 5 a 12 gerações de selecção.

    Concluiu-se que, nas populações urbanas, o elevado custo de dispersão provocou uma adaptação no sentido da produção de um maior número de sementes pesadas, diminuindo a sua dispersão.


    1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, relativas aos estudos efectuados com Crepis sancta.

    (A) A quantificação das sementes de plantas urbanas e campestres foi feita em ambiente controlado.

    (B) Em ambiente urbano, as sementes plumosas permitem maior sucesso reprodutivo.

    (C) A produção de um maior número de sementes pesadas é resultado de um processo evolutivo.

    (D) Em ambiente urbano, as sementes pesadas permitem maior taxa de germinação.

    (E) A variabilidade genética dentro da população de cada canteiro aumenta em poucas gerações.

    (F) A polinização cruzada é a estratégia reprodutiva predominante em ambiente urbano.

    (G) Em ambiente campestre, o substrato permite a germinação dos dois tipos de sementes.

    (H) A estratégia de sobrevivência em ambiente urbano resultou do elevado custo de dispersão.

    Critérios


    ⇒ Verdadeiras: A, C, D, G, H;
    ⇒ Falsas: B, E, F
    • A classificação deste item é feita de acordo com a tabela seguinte.


    2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    Nos estudos efectuados, o cultivo em estufa permitiu aproximar as condições experimentais das condições do ambiente campestre, porque foi…

    (A) …aumentado o custo de dispersão.

    (B) …cultivada uma população fragmentada.

    (C) …estimulada a autofecundação.

    (D) …utilizado um insecto polinizador.

    Critérios

    • Opção (D) ——— 5 pontos 


    3. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta.

    O estudo II permite concluir, pela quantificação das sementes produzidas, que o meio ______ seleccionou plantas com ______ capacidade de dispersão.

    (A) urbano (…) maior

    (B) campestre (…) maior

    (C) urbano (…) menor

    (D) campestre (…) menor

    Critérios

    • Opção (C) ——— 5 pontos 


    4. A tendência evolutiva para o aumento de produção de sementes pesadas tem permitido a sobrevivência das populações urbanas de Crepis sancta, mas pode conduzir ao desaparecimento destas populações.

    Explique esta aparente contradição.


    Critérios

    A resposta contempla os seguintes tópicos:

    ⇒ A produção de maior número de sementes pesadas nas populações urbanas de Crepis sancta, (embora diminua a dispersão), aumenta a capacidade de germinação, o que lhe permite a sobrevivência.

    ⇒ As populações urbanas podem desaparecer por possuírem menor variabilidade genética uma vez que, em cada canteiro, resultam de sementes de um conjunto restrito de plantas muito semelhantes (plantas-mãe).

    Ou, em alternativa,

    ⇒ As populações urbanas podem desaparecer por possuírem menor variabilidade genética uma vez que, em cada canteiro, resultam de sementes de um conjunto restrito de plantas que se reproduzem por autofecundação.

    A classificação da resposta a este item é feita em função do enquadramento da mesma num dos níveis de desempenho, de acordo com a tabela seguinte.

    Nota – No caso em que a resposta não atinja o nível 1 de desempenho, a classificação a atribuir é de zero pontos.


    FIM


    Privacy Preference Center

    Close your account?

    Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?